OPINIÃO: Como a controladoria jurídica nos escritórios de advocacia pode garantir ordem e leveza à gestão

 


*Por Paloma Tavares

A gestão eficiente de um escritório de advocacia vai além do exercício jurídico em si. A controladoria jurídica emerge como um setor fundamental, responsável por trazer ordem e leveza aos processos internos. Embora muitas vezes subestimada, sua relevância estratégica na tomada de decisões é cada vez mais reconhecida.

Para um melhor entendimento, o setor atua como um pilar central na gestão dos escritórios de advocacia. É responsável por construir fluxos e procedimentos internos, que visam à padronização operacional. Essa padronização não apenas aumenta a eficiência, mas contribui para a qualidade e consistência dos serviços prestados, fortalecendo a reputação do escritório no mercado.

Apesar de ser reconhecida como a "menina dos olhos" no mercado, a controladoria muitas vezes não recebe o devido olhar estratégico por parte dos escritórios. No entanto, é crucial compreender que, ao gerenciar informações, ela detém a chave para apresentar indicadores valiosos. Esses indicadores não só refletem o desempenho do escritório, mas orientam as tomadas de decisão, proporcionando um caminho mais assertivo para o sucesso.

Ao concentrar-se no gerenciamento de informações, a controladoria torna-se o setor mais recomendado, por exemplo, para apresentar indicadores relevantes. Detendo dados precisos sobre o desempenho interno, o tempo gasto em casos, a eficácia das estratégias utilizadas, entre outros, ela proporciona uma base sólida para as decisões estratégicas do escritório. Isso é fundamental para garantir a eficiência operacional e a competitividade no mercado jurídico.

A importância desse setor interfere até na saúde mental dos advogados. Estudos demonstram que vem aumentando o índice de profissionais que sofrem com ansiedade, depressão e até burnout, e isso, muitas vezes, vem do stress causado pela má gestão do tempo. Uma das ideias da controladoria é auxiliar nessa gestão do tempo e assim ajudar a diminuir a ansiedade e o stress do dia a dia.

Trabalho com especialidade na controladoria jurídica há mais de cinco anos e posso garantir que o setor traz resultados efetivos, pois contribui também para uma mudança de cultura. Quando temos ordem, leveza e clareza na atividade fim do escritório, automaticamente os profissionais que atuam nele apresentam melhor performance, gestão do tempo e qualidade de vida.

Portanto, é imperativo que os escritórios valorizem e integrem plenamente a controladoria em sua estrutura de gestão.

 

          *Paloma Tavares é gerente de controladoria jurídica na BM Finance Group.

Advogada, com experiência sólida na controladoria jurídica com conhecimento a nível nacional, é especialista em gestão de escritórios e departamentos jurídicos. Diretora do Instituto Brasileiro de Pequenos e Médios Escritórios de Advocacia, Presidente de Comissão de Gestão de Escritórios da 1a subseção de Nova Iguaçu/RJ e professora na Escola de Gestão da OAB/RJ. Coautora  dos livros Gestão de Escritório de Advocacia pelo IBPEA, abordando o tema “a importância da controladoria jurídica no escritório de advocacia” e   “Precificação de honorários e controladoria jurídica na prática” 2024 editora Juruá

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos
Comper