Produtores rurais serão remunerados para preservar o Rio Descoberto

Inicialmente o edital é dedicado aos produtores rurais de Brazlândia e de Águas Lindas (GO) que queiram preservar o maior manancial do DF | Foto: Arquivo/ Agência Brasília

Projeto liderado pela Caesb terá R$ 10 milhões disponibilizados


Por Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

Como parte das comemorações do Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) vai pagar os produtores rurais dispostos a ajudar na preservação da Bacia do Rio Descoberto. Na sexta-feira (22), às 9h, no Haras Vale Feliz, em Brazlândia, a companhia fará um evento para incentivar os interessados em participar do projeto Produtor de Água no Descoberto. O objetivo é adotar práticas para a preservação, conservação e restauração do solo e da água da Bacia do Alto Rio Descoberto.

Os produtores rurais podem aderir ao edital de chamamento público divulgado pela Caesb. A área de abrangência do projeto contempla toda a bacia hidrográfica, o que corresponde a 452 km², sendo 70% no Distrito Federal (Brazlândia e Ceilândia) e 30% no estado de Goiás (Padre Bernardo e Águas Lindas).

O principal objetivo do projeto Produtor de Água é tornar a bacia do Alto Descoberto referência na produção sustentável de água e de alimentos, para garantir a segurança hídrica e a manutenção da vocação rural da região por meio de práticas de conservação de solo e água, proteção e restauração da vegetação nativa.

O presidente da Caesb, Luís Antônio Reis, explica que o orçamento previsto no projeto pode chegar a R$ 10 milhões, a serem investidos nos próximos cinco anos. "Inicialmente o edital é dedicado aos produtores rurais de Brazlândia e de Águas Lindas (GO) que queiram preservar o maior manancial do Distrito Federal, responsável por abastecer 60% da população. A ideia é permitir que esses agricultores adéquem as propriedades ambientalmente e que possamos fortalecer a relação entre os diversos usuários da bacia", explica.

Os produtores rurais interessados em aderir ao projeto devem procurar os escritórios da Emater-DF em Brazlândia pelo telefone (61) 3311-9313, da Emater-GO pelo número (62) 98152-1596 ou a prefeitura de Águas Lindas de Goiás (GO) no telefone (61) 3618-4007, caso a propriedade rural esteja inserida nas áreas priorizadas. Mais informações sobre o Chamamento Público podem ser obtidas no site da Caesb.

Nesta edição do chamamento, estão incluídas as propriedades nas regiões destacadas em amarelo e lilás no mapa:

Arte: Divulgação/ Caesb

Ações em andamento

Além do chamamento público, estão em curso outras ações do Projeto Produtor de Água no Descoberto: revestimento do Canal do Rodeador, em execução pela Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF) e pela Associação Multissetorial de Usuários de Recursos Hídricos de Bacias Hidrográficas (ABHA Gestão de Águas); implantação de unidades demonstrativas de irrigação, uma parceria entre Emater-DF e Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (Ana); a construção de unidades autônomas de tratamento de esgoto domésticos, projeto executado em parceria Caesb e Emater-DF; e o projeto Comunidades Agroflorestais, para segurança hídrica e geração de renda com recursos da Fundação Banco Brasil.

Detalhes do chamamento público serão apresentados na sexta (22), Dia Mundial da Água

Parcerias

Fazem parte do Projeto Produtor de Água no Descoberto a Ana, a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa), a Caesb, a Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago), a Emater-DF, a Seagri–DF, órgãos ambientais do DF e de Goiás, representantes da sociedade civil, municípios de Padre Bernardo (GO) e Águas Lindas (GO), entre outros, totalizando 25 instituições.

Serviço

Apresentação do chamamento público
Data: 22 de março, às 9h
Local: Haras Vale Feliz (Núcleo Rural Alexandre Gusmão Chácara 291 Gleba 03 Incra 06, Brazlândia)

*Com informações da Caesb

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos
Comper