Evento vai discutir planejamento de vida e aposentadoria no Teatro da Caixa

 Público poderá acompanhar palestras sobre planejamento de carreira e assistir espetáculo que traz reflexões sobre a vida no trabalho desde a entrada na empresa até o encerramento da trajetória



No ano de 2022, a expectativa de vida do brasileiro avançou para 75 anos e cinco meses. Assim como em boa parte do resto do mundo, no Brasil, as pessoas estão vivendo mais e melhor. Com isso, cresce a necessidade de se planejar para o futuro, seja mirando na aposentadoria ou na continuidade da atividade vida no trabalho mesmo na terceira idade. Pensando nisso, a Associação dos Empregados Aposentados da Caixa no Distrito Federal (AEA-DF) vai realizar um seminário no dia 27 deste mês, na Caixa Cultural Brasília, sobre o assunto.


O evento vai contar com palestrantes, música e uma apresentação teatral que vai levar aos presentes reflexões sobre o presente e o futuro. As discussões giram em torno do planejamento de vida, pois muitas vezes as pessoas só começam a se preocupar com o futuro quando próximo do período da aposentadoria, quando na verdade esse pensamento deveria perdurar por toda a vida, para garantir um descanso tranquilo, confortável ou ainda projetos e inovações que mantém a vida em atividade.


No evento do dia 27, o público poderá acompanhar palestras com Leopoldina, presidente da AEA-DF, com o tema “planejamento para aposentadoria”, Evaldo Bazeggio, especialista em adequação de carreira, possui larga experiência como executivo e professor, desenvolvendo pessoas para serem líderes de suas carreiras e executivos de excelência e outros convidados. O ponto alto do evento é a apresentação do espetáculo “O Presente”, que tem autoria de Cleuza Brandão e traz reflexões sobre as diferentes fases da vida, objetivos de carreira, convivência e despedidas de uma vida de trabalho.


Evaldo convida pessoas de todas as idades para acompanhar o evento e destaca que a idade que antes era vista como período de aposentadoria, atualmente pode significar um recomeço. “Hoje em dia as pessoas vivem mais, então é possível que se tenha mais de uma carreira, mas de uma profissão. O tempo, de acordo com a expectativa de vida, permite com que as pessoas façam jornadas mais longas na vida profissional. Pensando nisso, é possível planejar não só a aposentadoria, mas também uma segunda profissão, mesmo após o período de aposentadoria da primeira atividade que foi escolhida”, explica.


Levantamento


Pesquisa de 2018 da SPC Brasil apontou que 8 em cada 10 pessoas admitem que não estão se preparando para a aposentadoria. A presidente da AEA-DF, Leopoldina Colares, destaca que não é preciso apenas chegar na terceira idade com uma vida financeira sólida, mas também com a mente tranquila e novos objetivos. “O evento é voltado para a preparação para a aposentadoria. Ele tem grande relevância, principalmente agora que vai acontecer um programa de demissão voluntária da Caixa. O planejamento para a aposentadoria é uma programação para iniciar um novo ciclo de vida, com inúmeras atividades que podem ser realizadas”, diz.


Cleuza Brandão, dramaturga, roteirista e produtora cultural, conta que o espetáculo que será apresentado instiga o público a refletir sobre sua vida profissional desde a entrada na empresa. “Quem é jovem, geralmente não pensa na aposentadoria. Mas é importante pensar nisso em todos os momentos da vida. Já tem 13 anos que me aposentei. “O Presente” traz uma reflexão sobre toda a sua vida. Desde que você entra na empresa, até a aposentadoria e o pós-aposentadoria. Apresentei o espetáculo na época, e agora estou realizando novamente para este evento”, conta.


Ela ressalta que muitas vezes a sociedade tem o pensamento de que o planejamento da aposentadoria não é assunto para quem está na juventude e quando a época de se despedir da vida na empresa chega, pode representar um choque. “Às vezes entramos numa trajetória profissional e vivemos muito o hoje. Quando se é muito jovem, por exemplo, se forma, se casa, pensa na casa, no carro, no estudo dos filhos. Porém, muitas vezes deixamos de lado o pensamento no futuro, o planejamento. Às vezes chegamos no final do ciclo profissional, vem a aposentadoria e muitas vezes se torna um choque para a pessoa. Pois ela tem que romper um ciclo de 20, 30 anos. De repente, você se vê só você, com sua família, amigos e é necessário se preparar. Muitas vezes os filhos não estão lá, pois já cresceram. Pois se não, muitas vezes a pessoa sente um vazio, depressão”, completa ela.


Eloísa Cunha, diretora de “O Presente”, afirma que a peça revela diferentes visões e perspectivas sobre o momento da aposentadoria. "O espetáculo vai tratar sobre as questões de aposentadoria. Sobre esta ideia que estamos trabalhando, pensando no momento de se aposentar. Quando este momento chega, o que isso significa para cada um dos personagens. São três personagens em cena, e um quarto meio metafórico, que traz a metáfora da vida... De uma maneira geral, esperamos que o público saia com essa reflexão. Aposentar pode ter diversos significados. A partir de agora vou poder viver o que eu não vivi, ou perdi o sentido da vida", afirma.


Serviço

Data: 27 de março de 2024

Horário: Das 14 às 18 horas

Local: Caixa Cultural Brasília (antigo Teatro da Caixa), Lotes 3/4, SBS Q. 4 - Asa Sul, Brasília - DF


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos
Comper