Além da estética: ácido hialurônico pode ajudar no tratamento da dor no joelho e quadril

 

Frequentemente, experimentamos desconfortos e dores nas articulações, principalmente no joelho e no quadril. Esses incômodos podem ser resultado de questões como excesso de peso, problemas posturais ou práticas inadequadas de atividades físicas. O ácido hialurônico é uma opção efetiva e que vem sendo amplamente usada no tratamento de pacientes que apresentam algum quadro de dor nessas localidades.


O corpo produz naturalmente ácido hialurônico em diversas áreas, incluindo as cartilagens do joelho e do quadril. No entanto, o desgaste e a degeneração natural da cartilagem são fatores que contribuem para a diminuição dessa substância no organismo. "Processos inflamatórios devido a artrose do quadril e joelho também favorecem a redução do ácido hialurônico presente na articulação. Sua reposição com infiltrações atuam de forma importante para prevenir o agravamento de quadros de artroses ou lesões iniciais da cartilagem, tanto para quadril como para joelhos", completa o Dr. Isaias Chaves, ortopedista e especialista em joelho e quadril.


Para o ortopedista, as principais vantagens do tratamento com ácido hialurônico incluem a promoção do bom funcionamento dessas articulações, aumentando a lubrificação e a nutrição articular. Além disso, reduz os impactos e atritos, melhorando o amortecimento no quadril e joelho. "Essas infiltrações ou injeções intra-articulares representam uma forma de suplementação com ácido hialurônico, melhorando a mobilidade e absorção de impacto articular", comenta o especialista.


Outra grande vantagem é a prevenção em casos iniciais de desgaste da articulação no joelho e quadril. "O ácido hialurônico contribui para a redução da atividade inflamatória, visando diminuir o agravamento de lesões da cartilagem e buscando evitar ou retardar processos de artrose", explica. 


O tratamento com ácido hialurônico é recomendado em casos de artrose leve a moderada no quadril ou joelho, bem como em condropatia patelar. Além disso, pode ser aplicado em tendinites que não respondem ao tratamento não cirúrgico inicial. "Se você sofre com dores no quadril ou joelho, procure um ortopedista especializado nessas áreas para uma avaliação e tratamento adequado. Uma análise detalhada é essencial para resolver as dores e fornecer orientações mais precisas sobre cuidados para evitar que esses incômodos voltem a acontecer", conclui o especialista.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos
Comper