GDF investe R$ 45,6 milhões em drenagem no Guará


Eleito o melhor administrador regional em GDF no ano passado, Artur Nogueira inicia 2024 com foco em novas melhorias para a cidade

O Governo do Distrito Federal (GDF) tem realizado grandes investimentos na ampliação do sistema de drenagem pluvial do Guará. Desde o ano passado, R$ 45,6 milhões foram investidos em obras de infraestrutura e na construção de bacias de contenção no Setor Habitacional Bernardo Sayão e no Park Sul. 

Os reservatórios responsáveis por reter as águas das chuvas e controlar a vazão do sistema de escoamento pluvial minimizam as chances alagamentos. As bacias também amortecem a vazão das águas das chuvas antes de chegarem ao córrego Vicente Pires, próximo ao Guará Park, diminuindo os riscos de erosão e enchentes.

“Há mais de 20 anos o Guará necessitava desse tipo de investimento. Agradeço ao governador Ibaneis Rocha pelo carinho com a nossa cidade e ao deputado federal Gilvan Máximo pelo apoio para a garantia de recursos nessa área de infraestrutura. Seguimos, juntos, em busca de um Guará cada vez melhor”, destaca o administrador Artur Nogueira. 


Park Sul lidera investimento

Aos poucos, a região do Park Sul começa a se transformar à medida que avançam as obras de urbanização promovidas pelo GDF. Com a chegada do período chuvoso, as atenções se voltam para a execução das redes de drenagem e para as escavações das lagoas de contenção de águas pluviais.

Mais ampla e moderna, a rede de drenagem está sendo instalada para solucionar problemas antigos de alagamentos e enxurradas no setor, que passou por um grande adensamento nos últimos anos, com a construção de condomínios residenciais no bairro, que faz parte do Guará. Para isso, as equipes da Secretaria de Obras e Infraestrutura do DF (SODF) estão empenhadas na construção de 6,4 mil metros de galerias, além de quatro lagoas com capacidade para abrigar 29 mil m³ de águas pluviais.


Urbanização

Uma vez concluída a implementação da rede de drenagem, o foco de atuação das equipes será a realização das obras de urbanização no Park Sul. O projeto prevê que o setor receba nova pavimentação, iluminação pública em LED, paisagismo, mobiliário urbano, sinalizações horizontais e verticais, além de estacionamentos públicos e calçadas mais acessíveis. O projeto inclui também a implantação de duas praças na região, entre as quadras 5/6 e 10/11, e a pavimentação da via IA SP1, que liga o Park Sul à Estrada Parque Taguatinga (EPTG).

O investimento total é próximo de R$ 65 milhões, sendo R$ 42,5 milhões custeados pelo GDF e os demais R$ 22,5 milhões pagos por incorporadoras que ergueram prédios residenciais no Setor de Garagens, Concessionárias e Veículos Sul (SGCV), como medida compensatória relativa ao Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos