Salão Nacional do Turismo comemora a retomada do crescimento do setor no país

Com representantes de todo o Brasil em Brasília, a 7ª edição do Salão Nacional do Turismo, realizado de 15 a 17 de dezembro, na Arena BRB, ofereceu aos visitantes experiências de imersão em manifestações culturais, atrações artísticas e diversas atividades de promoção do turismo brasileiro. Foram três dias de celebração e de reencontro do setor, considerado o segundo maior gerador de empregos do país e responsável por 8% do PIB nacional

Foto: Cristiano Costa.

Promovido pelo Ministério do Turismo (MTur), o evento contou com a presença do trade turístico brasileiro e teve a CNC como grande apoiadora, por meio das unidades do Sesc e do Senac de todos os estados e do Distrito Federal, responsáveis por mostrar aos visitantes um pouco da cultura de cada região, com atrações culturais e oficinas gastronômicas. Entre os parceiros também estiveram a Setur-DF, a Embratur, o Banco do Brasil, a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), o Sebrae Nacional.

O presidente da CNC, José Roberto Tadros, e o presidente do Sistema Fecomércio-DF, José Aparecido Freire, participaram da abertura ao lado de outras autoridades, como do ministro do Turismo, Celso Sabino, do presidente da Embratur, Marcelo Freixo, da vice-governadora do DF, Celina Leão, do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e do secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Zurab Pololikashvili, entre outros.

Tadros ressaltou a importância histórica do Sistema Comércio na promoção do turismo brasileiro. “A CNC, ao longo desses 78 anos, tem se preocupado de forma incisiva em preparar mão de obra para hotelaria, gastronomia, além de cursos universitários para turismo. Sempre entendemos que isso era indispensável para o desenvolvimento do País”, afirmou.

Representando o Sistema Comércio da capital, essencial na realização do evento por meio do Sesc-DF e do Senac-DF, Aparecido reiterou que o fomentou ao turismo é uma das prioridades de sua gestão. “Estamos focados em fazer do Distrito Federal um ótimo destino para brasileiros e estrangeiros, e explorar todo seu potencial. Aqui temos os mais diversos tipos de turismo, entre eles o cívico, gastronômico, rural, esportivo, de negócios e até náutico, graças ao nosso Lago Paranoá. Para isso, a Fecomércio-DF, o Sesc-DF e o Senac-DF trabalham de forma integrada, na promoção de pacotes de viagens, formação de mão de obra em todas as áreas e na proposição de políticas públicas junto aos Poderes Legislativo e Executivo”, explicou.

Balanço
Com a presença dos 26 estados, mais o Distrito Federal, o evento foi o grande retorno da maior vitrine do turismo nacional e que apresentou ao público toda a política pública que vem sendo desenvolvida para o desenvolvimento do setor.

“Nós temos hoje uma grande oportunidade de sermos protagonistas, e esse Salão veio mostrar isso. Nós queremos turismo responsável, queremos turismo sustentável, turismo inclusivo, de base comunitária, e o Brasil inteiro quer isso”, declarou o secretário Nacional de Planejamento, Sustentabilidade e Competitividade do Ministério do Turismo, Milton Zuanazzi.

O Salão marcou, ainda, a retomada do Prêmio Nacional do Turismo, que promoveu o reconhecimento para as práticas nas áreas de sustentabilidade, de acessibilidade, de destinos turísticos de interiorização, além de mostrar as tendências do setor, entre outros.

Promovida pelo Ministério do Turismo em parceria com a Secretaria de Turismo do Distrito Federal, a Embratur, o Banco do Brasil, a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), o SESC, o SENAC e o Sebrae Nacional, a 7ª edição do Salão resumiu a oportunidade do público dialogar e conhecer a diversidade brasileira, aproximando a cultura, a gastronomia, a natureza e todos os destinos do país.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos