Governo multa fazendeiros e embarga 1.195,9 hectares

Foto: Governo do Tocantins

O governo multou fazendeiros em mais de R$ 3,5 milhões e embargou 1.195,9 hectares de floresta desmatada ilegalmente no Tocantins


Foto: Governo do Tocantins
Fotos: Governo do Tocantins

A ação foi chamada de Operação Hancornia, fazendo referência à mangaba, fruto típico do cerrado.

As equipes do Naturatins realizaram vistorias em 18 fazendas e constataram o desmatamento ilegal em áreas de reserva legal, preservação permanente e área remanescente.

A equipe da fiscalização fez 30 procedimentos administrativos, que incluem autos de infração e termos de embargos. 

As multas variam de R$ 50 mil a R$ 100 mil por hectare desmatado.

Segundo o governo, a região é importante para a preservação do Cerrado, um bioma que abriga uma rica biodiversidade. O desmatamento na região representa uma ameaça à fauna e flora locais.

O órgão destaca que o combate ao desmatamento é uma prioridade da instituição.

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper