Como a gestão das emoções impacta no sucesso dos negócios

 


Especialista em finanças afirma que a gestão das emoções é essencial na hora de tomar decisões estratégicas para a empresa

Em um cenário corporativo cada vez mais dinâmico e desafiador, a gestão eficaz das emoções se torna um fator crucial para o sucesso sustentável dos negócios. Compreender e abraçar as emoções no ambiente empresarial não apenas impulsiona a satisfação de funcionários e clientes, mas também impacta diretamente a produtividade, a inovação e, por fim, o sucesso financeiro das organizações.

Uma  pesquisa, realizada pela consultoria de recrutamento e seleção Robert Half no LinkedIn, mostrou que a inteligência emocional é considerada a principal habilidade para uma boa liderança, eleita por 49% dos 726 pesquisados.  Segundo a especialista em finanças Bia Machnick, nesse quesito reside o coração de toda empresa e define como são tomadas as decisões.

“Todo empreendedor precisa se conhecer, uma vez que a gestão das emoções desempenha um papel fundamental na capacidade de tomar decisões estratégicas. Além disso, líderes emocionalmente inteligentes são mais propensos a avaliar situações com clareza”, afirma a consultora.

A dica da especialista é buscar conhecimento sobre o tema. Ela sugere começar pela leitura e indica o best-seller “Inteligência Emocional”, de Daniel Goleman. “Para o autor, a verdadeira inteligência não tem a ver com Quociente de Inteligência ou Q.I., e sim com persistência, controle de impulsos, empatia e habilidades sociais”, enfatiza.

De posse do conhecimento técnico, a consultora recomenda a prática dos temas com afinco. Um exemplo, segundo ela, é não dizer "sim" quando deveria dizer "não", no caso de um desconto solicitado pelo cliente, mas que o empresário ou trabalhador sabem que torna a venda economicamente inviável.

“Se você erra no preço, compromete a receita da empresa. Isso significa que a gestão das suas emoções pode estar ligada ao lucro! Coloque tudo na ponta do lápis para saber onde está gastando e visualizar despesas e datas de vencimento”, alerta Machnick.

O mundo dos negócios é inerentemente volátil e a capacidade de lidar com a adversidade é essencial. Líderes e equipes emocionalmente resilientes não apenas enfrentam desafios com determinação, mas também transformam crises em oportunidades de aprendizado e crescimento.

“A inteligência emocional permite que as organizações não apenas sobrevivam a tempos difíceis, mas também prosperem diante da incerteza”, finaliza

A BM Finance Group

A BM Finance Group atua desde 2012 como protagonista na formação de preços para escritórios de advocacia de todos os estados do Brasil. A CEO Beatriz Machnick é autora de uma tríade de livros de gestão na área: “Gestão Financeira na Advocacia - Teoria e Prática” (2020); “Valorização dos Honorários Advocatícios – O Fortalecimento da Advocacia através da Gestão” (2016); e “Honorários Advocatícios – Diretrizes e Estratégias na Formação de Preços para Consultivo e Contencioso” (2014).Atualmente, a empresa tem a matriz em Curitiba (PR) e duas filiais, uma no Rio de Janeiro (RJ) e outra em Nova Iorque (EUA). Contatos com a BM Finance Group podem ser feitos pelo telefone (41) 99192-4263 ou pelo site www.financasjuridicas.com.br.

*Beatriz Machnick é professora, contadora, especialista em Controladoria e Finanças, mestre em Governança e Sustentabilidade. CEO e fundadora da BM Finance Group com sede em Curitiba e presença nos 26 estados do Brasil. Pioneira da metodologia de Formação de Preços na Advocacia com a tríade dos livros de gestão na advocacia: Gestão Financeira na Advocacia - Teoria e Prática (2020), Valorização dos Honorários Advocatícios – O Fortalecimento da Advocacia através da Gestão (2016) e Honorários Advocatícios – Diretrizes e Estratégias na Formação de Preços para Consultivo e Contencioso (2014). Professora na Escola Superior da Advocacia e na Ordem dos Advogados do Brasil.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos