Dor de cabeça é sinal de pressão alta?

 30% das pessoas que sofrem de hipertensão desconhecem o diagnóstico por falta de sintomas

Dor de cabeça pode estar relacionada a problemas de saúde como gripe, problemas de visão ou alterações hormonais
Créditos: Envato Imagens

Muita gente associa a dor de cabeça à hipertensão, mas essa relação não é verdadeira, embora pressão alta possa causar dores de cabeça. A dor aparece quando a pressão aumenta rapidamente em momentos de estresse, uso de medicamentos ou drogas. 

“A hipertensão é caracterizada pelo aumento gradual da pressão ao longo dos anos devido aos maus hábitos e, nesses casos, o corpo se adapta a essas condições, não dando sinais de alerta. Por ser uma doença silenciosa, ela é tão perigosa”, explica o cardiologista dos hospitais Marcelino Champagnat e Universitário Cajuru, Gustavo Lenci. “A pressão tende a subir quando realizamos atividade física, comemos muito, tomamos café e ficamos ansiosos. Mas isso é momentâneo”, complementa o médico.

A dor de cabeça pode ter diversas causas, como cansaço, estresse, preocupação e ansiedade, mas também pode estar relacionada a problemas de saúde como gripe, problemas de visão ou alterações hormonais. Quando ela demora mais de três dias para desaparecer, é importante procurar um médico para identificar a causa e iniciar o tratamento adequado.  

Bomba relógio

A pressão arterial considerada normal é de 120 x 80 mmHg, mas quando uma pessoa é hipertensa, a pressão sanguínea aumenta, por tempo prolongado, alcançando índices iguais ou superiores a 140 x 90 mmHg. Nos estágios mais avançados da doença é comum aparecer sintomas como enjoo, tontura, cansaço excessivo, visão embaçada, sonolência, dificuldade para respirar ou dor no peito. 

O risco é quando a hipertensão não é diagnosticada e tratada corretamente, já que pode acarretar doenças como AVC, infarto, arritmia e insuficiência cardíaca e renal. “Estilo de vida saudável, com atividade física e alimentação equilibrada e balanceada, é fundamental para evitar doenças crônicas como hipertensão. Além disso, o check up anual é essencial”, ressalta Lenci. 

 

Postar um comentário

0 Comentários