Professora Maria Antônia faz primeiro discurso no plenário da CLDF

Dirigindo-se à população do Gama, onde já ocupou o cargo de administradora regional, a distrital listou necessidades da região pela qual pretende envidar esforços 

 
Foto: Silvio Abdon.

Ocupando pela primeira vez a tribuna do plenário da Câmara Legislativa, desde que tomou posse em dezembro passado, durante o recesso parlamentar, Professora Maria Antônia (Solidariedade) fez seu primeiro discurso como deputada distrital, na sessão ordinária desta quarta-feira (2). A parlamentar destacou que tem se empenhado em "contribuir com a dignidade dos cidadãos" e reafirmou compromisso de manter "diálogo permanente com a sociedade".

Dirigindo-se à população do Gama, onde já ocupou o cargo de administradora regional, listou algumas necessidades da região pela qual pretende envidar esforços: "O hospital está cheio de puxadinhos, não temos lazer para os jovens, parece mais uma cidade dormitório". A distrital também conclamou os colegas a direcionaram mais recursos orçamentários visando melhorias para a localidade.

Emendas parlamentares
Sobre essa questão o deputado Daniel Donizet (PL) disse que o Gama tem sido a sua prioridade e que já destinou cerca de R$ 20 milhões, nos últimos três anos, para obras na região administrativa.

Em seguida, o deputado Agaciel Maia (PL) observou que, apesar de ter encaminhado aproximadamente R$ 10 milhões para serem aplicados no Gama, entraves políticos fizeram com que nenhum centavo fosse gasto. A situação, segundo ele, só se resolveu com o PDAF – programa que envia recursos diretamente às escolas.

A deputada Júlia Lucy (Novo) também reivindicou participação nas melhorias da cidade e relatou seu empenho na recuperação do Cine Itapuã.

Foto: Silvio Abdon.

Postar um comentário

0 Comentários